Ansiedade · Depressão

Nem sei, viu

Semanas de picos de melancolia, ansiedade lá no alto, crise de pânico, fucking insônia.

Eu até que tinha “acordado” (porque eu nem dormi direito) hoje meio disposta a fazer as coisas sabe? Dar um jeito no quarto, me dar um jeito, organizar minha página no facebook que tá abandonada, ler, quem sabe até ir pra academia. Mas na hora que comecei a fazer as coisas aquela maldita bateu na minha cabeça e falou “Ah não, você não vai não. Volta pra cama, chora e se sente a miserável que você é!”

Honestamente hein? Vai se foder!

Eu realmente tô sem energia pras coisas hoje por causa da insônia. Quando consigo dormir, durmo muito, muito mal e acordo ainda mais cansada do que o que eu estava na hora que deitei. Desse jeito já fica difícil pra quem tem a mente “sã” (porque ninguém é 100% são nesse mundo) imagine pra minha cabeça. Preciso me dar um desconto. Aí a maldita vem e fala “MAIS DESCONTOS? QUERIDINHA VOCÊ NÃO FEZ NADA A SEMANA INTEIRA! SÓ DORMIU, COMEU, CHOROU E CAÇOU POKEMONS! APOSTO ATÉ QUE JÁ ENGORDOU DE NOVO! COMEU SUPER ERRADO E DEVE TER FODIDO SEU CORPO, SUAS DOENÇAS, DEVE TÁ PIORANDO AÍ, SE MATANDO AOS POUCOS. POR QUE NÃO DESISTE LOGO DE TUDO? ACADEMIA, ALIMENTAÇÃO CORRETA, CARREIRA? POR QUE NÃO MORRE LOGO, SE É PRA FICAR SE DESTRUINDO AOS POUCOS?”

É, eu sei, tem que questionar essa voz, argumentar contra ela, ser forte, se distrair, fazer o que você pode aos pouquinhos, mesmo que seja uma coisa só por dia etc etc. Eu sei. Eu tenho o manual completo. A faca e o queijo na mão. Mas meus braços tão fracos demais pra levantar e cortar. Pelo menos eles tão fracos também para eu me cortar. Sei lá. Queria fazer as coisas, mas fico olhando pra elas e pensando “pra quê?”. Vou me sentir melhor, obviamente vou. Ter feito o que preciso, pelo menos uma parcela disso, orgulho de ter levantado e feito, sido útil, me sentir menos culpada, menos miserável. Mas eu olho pras coisas e simplesmente paraliso. Não consigo me mexer, não consigo fazer nada. E acrescento raiva e mais culpa pra conta por não conseguir fazer nada. Essa sensação já é velha conhecida minha. E como é! E mesmo eu sabendo tudo que preciso fazer, toda vez que ela bate eu fico indefesa, parece que é a primeira vez, parece que é mais forte do que a vez anterior. Parece que a medida que eu me fortaleço, a coisa também se fortalece. Ruby e Sapphire brigam cada vez mais intensamente e parece que querem se separar a força ahaha.

Eu acho que preciso voltar pra cama e tentar dormir um pouco. Minhas olheiras tão uma coisa maravilhosa e minha cabeça tá começando a girar. Nem tenho mais vontade de gritar nem nada. Não tem força agora. Como ela volta? Acho que eu corro atrás, ou alguém me ajuda, ou ela simplesmente aparece depois que eu aceito minha condição e descanso DE VERDADE. Ou isso tudo misturado. Nem lembro mais.

Eu sei que tinha prometido que as roupas iam pro guarda-roupa (porque tem a cadeira e a cama, quando vou pra cama, largo a trouxa de roupa na cadeira e vice-versa. Você já fez isso também, assuma). Então, como tô na cadeira agora, as roupas estão na cama. E eu tinha me prometido que elas não voltariam pra cadeira. Só sairiam da cama direto pro guarda-roupa. Acho que elas vão ficar na cama mesmo. E eu vou me enterrar debaixo delas igual um tatu-bola debaixo da terra. Até que isso me dê uma trégua e eu consiga fazer alguma coisa útil que não seja me sentir miserável.

Quero morrer um abraço

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s